sexta-feira, 23 de maio de 2008

Bairro Alto

Nos anos 80 era um local de culto e de vanguarda, hoje é a massificação, da criançada ao beto radical.
O Bairro Alto perdeu magia. Perdeu o Targus e perdeu muita gente interessante que lá ia.
Hoje, em cada esquina, as palavras mais ditas são “haxe” e “coca”. Traficantes de meia tigela – e não só - no meio de gente normal é um barril de pólvora que vai explodir ainda mais.
Qualquer dia vamos ter banhos de sangue por causa de guerras de controlo de esquinas.
Eu, com a excepção do “Bedroom”, cada vez vou lá menos. Ver aquela gente toda é bem o espelho do que será o futuro de Portugal…E do que vejo não gosto.

1 comentário:

Vania Mendes disse...

entao qual ira ser a alternativa em Lisboa?